Início » Tello, opção a custo zero para o Real

Tello, opção a custo zero para o Real

Tello, opción a coste cero para la Real

Cristian Tello está na agenda da Real Sociedad como uma opção a custo zero para reforçar a banda para a próxima temporada devido à perda de longo prazo de Mikel Oyarzabal. O clube de San Sebastian já fez um oferta econômica ao lado catalão, que seu contrato com o Real Betis termina no final desta temporada e não será renovado, pois ele não chegou a um acordo com a entidade Verdiblanco para estender seu relacionamento. O catalão terá liberdade para escolher um destino no verão e já tem propostas diferentes do exterior, mas da LaLiga o único clube que se interessou em sua contratação a ponto de enviar uma proposta é a Real Sociedad.

Escudo/Bandeira R. Sociedade

Vários meios de comunicação em Sevilha ecoaram essa nova possibilidade de Tello para a próxima temporada, e O Diario AS confirmou que o jogador de Sabadell tem uma proposta firme da Real Sociedad, então se o seu interesse é continuar na LaLiga, você já tem uma boa opção na mesa, pois no clube de San Sebastian você poderá continuar jogando na Europa na próxima temporada. Tello também tem propostas muito suculentas economicamente falando dos Estados Unidos, Arábia Saudita e Turquia, com clubes como Galatasary e Transbozpor mostrando interesse em seu futuro. Agora Tello deve decidir, mas em contato com fontes próximas à operação, elas apontam que a opção pelo Real é a que mais o seduz hoje.

Tello, natural de Sabadell, tem 30 anos, treinou em La Masía e chegou ao Betis há quatro anos vindo de Florentina. Em quatro temporadas vestido de verdiblanco, ele chegou a jogar 171 jogos, mas não terminou de se estabelecer como titular indiscutível. No ano passado com Pellegrini ele foi usado como um jogador repulsivo nas segundas partes. Na Real Sociedad essa mudança se encaixa, porque Tello oferece experiência na elite e é o tipo de jogador que é procurado na próxima temporada para cobrir a perda de longo prazo de Mikel Oyarzabal, cujo retorno não é esperado antes de novembro, no mínimo. Consciente de que precisa de um perfil de jogador desse estilo sem fazer grandes investimentos, o catalão gosta dele por sua versatilidade, pois pode jogar na ala direita e esquerda. Não é a única alternativa com que lidam, mas é a que mais gostam na gestão esportiva.

AS