Início » Real Madri | Courtois confia-se ao Atlético

Real Madri | Courtois confia-se ao Atlético

Thibaut Courtois, portero del Real Madrid.

O Madrid ainda está a tempo de conquistar todos os prémios desta Liga. Ele tem o grande troféu do jogo: o título, que conquistou com um aviso inusitado de quatro dias. O Pichichi vai para Benzema e os 27 gols que ele credita, nove gols a mais que Iago Aspas. A equipa de Ancelotti está em luta com o Villarreal para conquistar a classificação de fair play do campeonato (os groguets tiram-lhes um ponto, numa homenagem que os blancos conseguiram pela última vez na época 2017-18). S Courtois ainda tem opções para colocar Zamora como o goleiro com menos gols, embora precise de um aliado inesperado: o Atlético.

Foto de Courtois

Escudo/Bandeira Real Madrid

O maior rival do belga é o jogador do Sevilla Bono, que enfrentará os rojiblancos no dia seguinte. O guarda-redes do Real Madrid sofreu 29 golos em 35 jogos disputados, uma média de 0,83 golos por jogo. O goleiro do Sevilla recebeu 23 em 30 jogos, 0,77 em média. Rulli (Villarreal, 0,87) e Remiro (Real Sociedad, 0,88) têm opções muito mais remotas.

Foto bônus

Courtois jogará apenas o último jogo do campeonato contra o Betis, anunciou Ancelotti no pós-jogo contra o Levante. Se Tibu não se encaixar no time do Verdiblanco, terminará a temporada com média de 0,8056. E colocamos quatro casas decimais porque o prêmio pode ser decidido por essa margem mínima de dez milésimos. Para levar o troféu Courtois precisa que Bono sofra três gols se disputar os dois jogos restantes (receberia 0,813) ou, se jogar apenas um deles, sofrer dois gols. Nesse caso, o zagueiro sevilhano terminaria a Liga com média de 0,8065. Zamora seria resolvido a favor de Courtois por uma margem de 0,0009 gols por jogo. Um Zamora de acabamento da foto. Se Courtois não mantiver gols no último jogo do campeonato, ele precisará que Bono sofra mais um gol para cada gol sofrido.

Estatísticas de Courtois e Bono

Courtois Ligação
jogos jogados 35 30
objetivos concedidos 29 23
Média 0,83 0,77
lençóis limpos quinze 13
pára 91 74
porcentagem de paradas 75,42% 76,29%
Chutes a gol recebidos 118 97

Fonte: Op.

Um cara a cara que foi apertado no final

A luta por Zamora está aberta nos últimos dois meses, desde o início de março. Até a partida contra o Alavés, Bono mantinha uma média em torno de 0,55 gol por jogo, com mínimos de até 0,4 em alguns trechos da temporada. O goleiro da equipe do Nervionense não sofreu gols em 12 dos primeiros 22 jogos que disputou (12 gols sofridos). Nos próximos oito jogos, sofreu 11 gols e só conseguiu fechar o gol no último jogo, contra o Mallorca. Depois do Atlético, o Sevilha enfrenta o Athletic na última jornada.

Courtois seguiu o caminho oposto. A Liga não começou com bons números. Ele mal conseguiu três gols em seus primeiros 14 jogos. Mais tarde encadeou duas sequências de quatro jogos sem sofrer: contra Athletic, Real Sociedad, Atlético e Cádiz, o primeiro. A segunda, contra Granada, Villarreal, Alavés e Rayo Vallecano (todo o calendário da liga madrilena em fevereiro). Conseguiu baixar a média para menos de 0,8, mas ainda arrasta o fardo dos quatro golos que recebeu no Clássico. Zamora está em suas mãos… e nas do Atlético.

AS